Resenha/Cometário – Laços do Espírito

Olá pessoas começando a colocar as resenhas em ordem, li esse livro pouco depois do meu aniversario (ganhei ele de presente da Iza^^), 03 de junho, em fim só pra ter uma ideia de como estão atrasadas as resenhas. A Resenha contem spoilers nada muito grave, nem que vá fazer você não querer ler o livro, porque é claro que eu não vou comentar todo o livro.

 Laços do Espirito – Rechelle Mead
Agir – 426 pág.

“Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera? ”

“É verdade, eu realmente adoraria saber como ele mantem as duas amantes em segredo, sem que a mulher descubra.” – Adrian – Pag 59

“Sonhos, sonhos, sonhos. Caminho por eles vivo neles. Me iludo com eles. É de admirar que eu ainda enxergue a realidade.” – Adrian – Pag 135

“Você fez o que fez por amor. Não posso ficar chateado com você por causa disso. Foi uma besteira, mas o amor é assim. Tem alguma ideia do que eu faria por você? Para mante-la em segurança?” – Adrian- Pag 195

“Dimitri pensava que não existia esperança para ele. E eu? Eu não conseguia imaginar um mundo sem esperança.” – Rose – Pag 372

O ultimo livro terminou como retorno de Rose a St. Vladimir e é ai que Laços do espirito começa, com as provas finais de Rose para finalmente ganhar a marca de guardiã. Quanto a provas de Rose no geral é um momento em que o leitor percebe a dimensão de quando a Rose evoluiu desde o primeiro livro é realmente um ponto do livro para mostrar que ela evoluiu que ela não é mais uma aprendiz é realmente uma guardiã, e mais que isso, uma das melhores.

Ao mesmo tempo as cartas de Dimitri continuam a chegar, cada vez mais ameaçadoras lembrando Rose de que ela não conseguiu salva-lo/mata-lo (ainda bem xD). E Rose finalmente sede aos encantos de Adrian, e os dois estão juntos.  Porém agora Rose quer encontrar uma maneira de trazer Dimitri de volta a vida, usando os poderes de Lisa, porém o único que sabe como é o irmão de Victor Dashkov. E isso leva Rose, Lissa e Eddie a libertar Victor de uma prisão de segurança máxima. Uma sena super legal diga-se de passagem é realmente bem legal “ver” a prisão Moroi, que no fim não me foi nada muito surpreendente.

Depois da libertação de Victor eles são levados a Las Vegas para encontrar o irmão, pirado, de Victor. Robert é um usuário de espirito louco e as revelações que ele faz a eles faz com que Rose queira desistir do plano por medo de perder Lissa. Mas a reunião é interrompida por Dimitri e alguns comparsas Strigois, nada comparado a cena da fuga da casa do ultimo livro que pra mim foi uma das melhores!

Ai começa a segunda parte do livro ( Ou pra mim ficou bem dividido assim o livro), depois de formados Lissa, Rose e alguns outros estudantes vão para a corte Moroi passar as férias e no caso de Lissa virar o”bichinho” de estimação da rainha Tatiana, antes de poder ir para a faculdade de seus sonhos. Mas é claro que Lissa não desistiu de de tentar traser Dimitri de volta a vida, e a forma como ela tem de fazer isso a reaproxima de Christian (Ele brigaram no final do ultimo livro por causa de uma outra usuária de espirito que tenta ocupar o lugar de Rose na ST. Vladimir).

Para quem viu minha resenha do volume anterior (Promessa de Sangue) já sabia o quanto eu estava desesperada por esse livro. E não sei explicar se foi por causa de ter adorado a viagem toda que foi o ultimo livro esse aqui me decepcionou um pouquinho no começo, pouca coisa nada grave. Mas no geral o livro é realmente maravilhoso, como todos os anteriores da série, mas pra mim esse finalmente engata a trama externa da obra saindo do romance de Rose e finalmente entrando na questão da crise entre Morois, Guardiões e Strigois que, a meu ver, está sendo ensaiada por debaixo do romance Rose e Dimitri desde o primeiro livro. Só ainda não sei se isso se resolve no proximo livro ou se continua em Bloodlines. Quanto a se eles conseguem trazer Dimitri de volta ou não deixo por conta de quem quiser ler! Só afirmo teve horas que tive muita vontade de bater no Dimitri nesse livro! u.u”
O Livro termina com algumas duvidas que vão caminhar para o próximo livro, algumas quanto a Jill e um estranho assassinato na corte real, e obviamente a culpa cai em cima de quem? Quero o “Ultimo Sacrifício” logo!

Para quem me conhece sabe que alem de adorar livros eu adoro “coisas” relacionada aos livros, então dá uma olhada nos meus xodós de VA:

Livros anteriores:

   

Logo logo tem mais resenhas!

Anúncios

Resenha/Comentário – Promessa de Sangue

Sei sei sei que faz décadas que não posto mas em fim é que ta tudo um rolo só nesse inicio de ano mas espero que logo se ajeite. Vou começar resenhando um dos livros atrasados já, aproveitem! ;D~

 Academia de Vampiros 4 – Promessa de Sangue
 Richelle Mead – 446 pag – Ed. Agir

“Rose fez sua escolha, e agora pode arcar com ela?
Dimitri agora é um Strigoi, e Rose deixa a São Vladimir e Lissa para cumprir a promessa que fez a Dimitri, e a si mesma, de que o mataria se seu coração ficasse negro.
Com a ajuda de Adrian ela parte para a Sibéria em busca de Dimitri, mas ao longo do caminho ela encontra muito mais do que ela mesma esperava encontrar.
Rose tem que lidar com a família de Dimitri, descobre mais sobre as “prostitutas de sangue”, conhece Sydney uma alquimista responsável por manter a identidade dos vampiros ocultos aos humanos, e um estranho homem chamado Ibrahim que tem um estranho interesse em Rose.
E mais que isso ela encontra Dimitri, terá força para cumprir sua promessa ou irá sucumbir ao amor que ainda tem por ele, mesmo sendo um Strigoi?
Rose também encontra mais usuários do Espirito, e mesmo longe de Lissa ela ainda se preocupa com a amiga, ainda mais quando uma estranha garota começa a se aproximar de Lisa e a faz querer viver perigosamente.
E mais uma vez ela tem de salvar Lissa, mas antes ela pode salvar seu próprio coração de seu amor por um Strigoi?”

“Não existe sucesso sem esforço. Colar dos outros não leva a lugar algum.” – pag 72

“-Vovó precisa que você carregue algumas coisas
-É, eu meio que percebi isso uns 20 quilos atrás.” – pag 132

“(…)O Amor não é uma rapidinha no quarto dos fundos de uma festa. É algo pelo qual você vive e se sacrifica” – pag 207

” (…)Me deixe sair daqui e vou… sei lá. Doar o dinheiro de Adrian aos pobres. Ser batizada. Entrar para um convento. Bom, não. Essa ultima não.” – pag 366

“Mas aquilo não era real. Era fácil de mais, e, se eu vinha aprendendo algo até então, era que a vida não era fácil.” – pag 397

“Era muitos pedidos de desculpas, mas percebi que, quando se trata de quem é importante para você, era assim mesmo. A gente perdoa e segue em frente.” – pag 423

Tenho nem que falar que eu basicamente enguli esse livro néh? xD

E depois ainda fiquei um bom tempo de luto por já ter terminado de lelo e não ter nem uma série minha pra continuar lendo (estou aceitando livros de presente viu gente!!!), mas em fim.

Lindo de mais, amei conhecer a familia de Dimitri, gostei muito do jeitinho da Sydney (E olha que eu tinha dito pra mim mesma que não ia ler Boodlines, agora vou por causa dela xDD), e gosti de conhecer o Ibrahim mas sobre ele eu não vou comentar, não mesmo =x.

Fiquei com muita raiva da Rose quando ela encontrou o Dimitri, sabe por um lado eu queria eles juntos mas ver ela parar de ser a Rose forte, ficar tão frágil  me fez ficar com raiva porque, poxa, a Rose que eu gosto é a Rose forte, e o Dimitri Strigoi também me deixou com raiva. u.u”

Gostei da família do Dimitri, e conhecer uma cidade de “prostitutas de sangue” expandiu a minha óptica sobre a questão junto com a de Rose, mesmo porque nos livros anteriores a Rose sempre falava isso como uma ofensas, não que agora seja menos ofensivo, mas você intende como as coisas acontecem realmente, e que não é tudo o que Rose pensava.

No livro também compreendemos mais os Strigois ou no minimo os conhecemos mais, principalmente pelo contato que Rose tem com Dimitri e os outros. Não que eu tenha me surpreendido que eles focem até que bem organizados pelo rumo que a história tomou, mas realmente é… diferente e ao mesmo tempo um pouco surpreendente, mas os instintos Strigoi são presentes.

Primeiros Volumes:

  

O livro me rendeu algumas lagrimas sim, mas adoro me emocionar lendo.
Em fim quero o próximo e o próximo pra ontem! ;D~

Logo resenha de “A Hospedeira”.