Resenha/Cometário – Laços do Espírito

Olá pessoas começando a colocar as resenhas em ordem, li esse livro pouco depois do meu aniversario (ganhei ele de presente da Iza^^), 03 de junho, em fim só pra ter uma ideia de como estão atrasadas as resenhas. A Resenha contem spoilers nada muito grave, nem que vá fazer você não querer ler o livro, porque é claro que eu não vou comentar todo o livro.

 Laços do Espirito – Rechelle Mead
Agir – 426 pág.

“Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera? ”

“É verdade, eu realmente adoraria saber como ele mantem as duas amantes em segredo, sem que a mulher descubra.” – Adrian – Pag 59

“Sonhos, sonhos, sonhos. Caminho por eles vivo neles. Me iludo com eles. É de admirar que eu ainda enxergue a realidade.” – Adrian – Pag 135

“Você fez o que fez por amor. Não posso ficar chateado com você por causa disso. Foi uma besteira, mas o amor é assim. Tem alguma ideia do que eu faria por você? Para mante-la em segurança?” – Adrian- Pag 195

“Dimitri pensava que não existia esperança para ele. E eu? Eu não conseguia imaginar um mundo sem esperança.” – Rose – Pag 372

O ultimo livro terminou como retorno de Rose a St. Vladimir e é ai que Laços do espirito começa, com as provas finais de Rose para finalmente ganhar a marca de guardiã. Quanto a provas de Rose no geral é um momento em que o leitor percebe a dimensão de quando a Rose evoluiu desde o primeiro livro é realmente um ponto do livro para mostrar que ela evoluiu que ela não é mais uma aprendiz é realmente uma guardiã, e mais que isso, uma das melhores.

Ao mesmo tempo as cartas de Dimitri continuam a chegar, cada vez mais ameaçadoras lembrando Rose de que ela não conseguiu salva-lo/mata-lo (ainda bem xD). E Rose finalmente sede aos encantos de Adrian, e os dois estão juntos.  Porém agora Rose quer encontrar uma maneira de trazer Dimitri de volta a vida, usando os poderes de Lisa, porém o único que sabe como é o irmão de Victor Dashkov. E isso leva Rose, Lissa e Eddie a libertar Victor de uma prisão de segurança máxima. Uma sena super legal diga-se de passagem é realmente bem legal “ver” a prisão Moroi, que no fim não me foi nada muito surpreendente.

Depois da libertação de Victor eles são levados a Las Vegas para encontrar o irmão, pirado, de Victor. Robert é um usuário de espirito louco e as revelações que ele faz a eles faz com que Rose queira desistir do plano por medo de perder Lissa. Mas a reunião é interrompida por Dimitri e alguns comparsas Strigois, nada comparado a cena da fuga da casa do ultimo livro que pra mim foi uma das melhores!

Ai começa a segunda parte do livro ( Ou pra mim ficou bem dividido assim o livro), depois de formados Lissa, Rose e alguns outros estudantes vão para a corte Moroi passar as férias e no caso de Lissa virar o”bichinho” de estimação da rainha Tatiana, antes de poder ir para a faculdade de seus sonhos. Mas é claro que Lissa não desistiu de de tentar traser Dimitri de volta a vida, e a forma como ela tem de fazer isso a reaproxima de Christian (Ele brigaram no final do ultimo livro por causa de uma outra usuária de espirito que tenta ocupar o lugar de Rose na ST. Vladimir).

Para quem viu minha resenha do volume anterior (Promessa de Sangue) já sabia o quanto eu estava desesperada por esse livro. E não sei explicar se foi por causa de ter adorado a viagem toda que foi o ultimo livro esse aqui me decepcionou um pouquinho no começo, pouca coisa nada grave. Mas no geral o livro é realmente maravilhoso, como todos os anteriores da série, mas pra mim esse finalmente engata a trama externa da obra saindo do romance de Rose e finalmente entrando na questão da crise entre Morois, Guardiões e Strigois que, a meu ver, está sendo ensaiada por debaixo do romance Rose e Dimitri desde o primeiro livro. Só ainda não sei se isso se resolve no proximo livro ou se continua em Bloodlines. Quanto a se eles conseguem trazer Dimitri de volta ou não deixo por conta de quem quiser ler! Só afirmo teve horas que tive muita vontade de bater no Dimitri nesse livro! u.u”
O Livro termina com algumas duvidas que vão caminhar para o próximo livro, algumas quanto a Jill e um estranho assassinato na corte real, e obviamente a culpa cai em cima de quem? Quero o “Ultimo Sacrifício” logo!

Para quem me conhece sabe que alem de adorar livros eu adoro “coisas” relacionada aos livros, então dá uma olhada nos meus xodós de VA:

Livros anteriores:

   

Logo logo tem mais resenhas!

Anúncios