Resenha/Comentário – Travessia

Começando as resenhas dos livros que comprei na Bienal, hoje vou resenhar um dos livros que estava mais esperando esse ano, a sequencia de DESTINO.

 Travessia – Ally Condie
 Suma – 280

Em busca de um futuro que pode não existir e tendo que decidir com quem compartilhá-lo, a jornada de Cassia às Províncias Exteriores em busca de Ky – levado pela Sociedade para uma morte certa –, mas descobre que ele escapou, deixando uma série de pistas pelo caminho. A busca de Cassia a leva a questionar o que é mais importante para ela, mesmo quando vislumbra um diferente tipo de vida além das fronteiras. Mas, à medida que Cassia tem certeza sobre o seu futuro com Ky, um convite para uma rebelião, uma inesperada traição e uma visita surpresa de Xander – que pode ter a chave para revolta e, ainda, para o coração de Cassia – mudam o jogo mais uma vez. Nada é como o esperado em relação à Sociedade, onde ilusão e traição fazem um caminho ainda mais confuso.

 

Porque quando você ama, não há o que fazer. Você ama e não tem como voltar atrás.” – Pág 52
E então eu penso: E  se eu tivesse que classificar a mim mesma? Me pergunto. O que eu veria?“-Pág 68
Então ela perguntou qual era a cor dos meus olhos. Naquele momento percebi que amar alguém era mais perigoso, mais como uma rebelião, do que qualquer outra coisa.” Pág 84
É lindo e é real, mas nosso tempo juntos pode ser tão efêmero como neve no planalto. Podemos tentar mudar o mundo ou simplesmente aproveitar ao máximo o tempo que temos.” – Pág 160
Não é saber escrever que faz você uma pessoa interessante – ele disse- é o que você escreve.” – Pág 200
Despedidas são assim. Nem sempre dá para distingui-las muito bem no momento da separação, por mais profundo que seja o corte.” – Pág 248

 

Eu já sou apaixonada por essa série, e juro não me decepcionei nem um pouco com a continuação de Destino.  O ritmo do livro é mais rápido que o  anterior, e a narrativa se alterna entre Ky e Cassia. Por isso nesse livro conhecemos mais sobre  Ky, sua vida e como se tornou uma aberração. Conhecemos as províncias exteriores e somos apresentados a mais mistérios da Sociedade.

Uma da coisas que eu mais gostei em Destino, é a questão de o livro ser basicamente um culto a arte, a forma de expressão por meio da arte.  Em Travessia não é diferente, ao conhecer novos personagens, muitos desses aberrações, vemos como a Sociedade suprime toda e qualquer forma de expressão, como muitas coisas simples se tornam belas quando raras.

Gostei muito da narrativa de Ky por finalmente entendermos a visão dele das coisas. Li varias resenhas onde os leitores se diziam desencantados com ele após conhecer sua visão. Eu já não alimentava muitas esperanças de Ky ser o príncipe encantado/herói perfeito, pelo contrario esperava exatamente o que vi dele: Inseguro e com muitas cicatrizes de tudo que já havia passado na vida. Pra mim, Xander sempre foi bem mais o príncipe encantado, e embora ele quase não apareça no livro me surpreendi com o rumo que o lado dele da história está tomando.

O livro termina com muitas duvidas, mais dúvidas que reais respostas, e juro que estou curiosa para saber como Ally vai conseguir finalizar a série no próximo livro.

Reached (Alcançar – Tradução Livre), o terceiro e ultimo livro da série, será lançado nos EUA em 13 de novembro de 2012, e tem previsão  para ser lançado aqui no Brasil no final do 1º semestre de 2013.

Quanto ao filme, como já havia comentado na resenha de Destino, a Disney já detêm os direitos para adaptar a série para as telonas, porém a novidade é que finalmente a Disney assumiu que irá fazer adaptação, inclusive já escolheu os roteiristas Michelle e Kieran Mulroney  (Sherlock Holmes: A Game of Shadows)  e até o momento tem como diretor cotado para dirigir a adaptação David Slade (A Saga Crepúsculo: Eclipse). Espero que isso seja um sinal de que a Disney realmente quer abocanhar o publico jovem saindo um pouco dos clássicos desenhos que a consagraram (Mas não muito adoro os desenhos da Disney). E que isso a leve a produzir alguns outros filmes que detêm os direitos de adaptação, como a série A Mediadora de Meg Cabot.

Resenha de Destino:

Bom aguardamos novos capítulos, e espero que essa competição das grandes produtoras resulte em ótimas adaptações cinematográficas de livros que já são maravilhosos. Mas até lá, continuemos com os livros.

Resenha/Comentário – Destino

Oi pessoal, tudo bom?
Minha ideia era postar essa resenha no dia 10, mas bem a faculdade ja voltou com a corda toda! xD
Bem vamos ao que interessa.

 Destino (Matched) – Ally Condie
Suma das Letras – 240 paginas

Em Destino a sociedade decide o que você come, o que você veste, como se diverte, como trabalha, com quem você casa.

Cassia acaba de completar 17 anos e acaba de receber seu par, seu velho e querido amigo Xander. Tudo parece perfeito como a sociedade sempre planejou até que a imagem muda e ela vê Ky. Um garoto calado, e sensível . Mas quem seria seu verdadeiro par Xander ou Ky? A sociedade diz que é Xander, mas Cassia tem suas duvidas. Estaria ela disposta a arriscar a segurança de sua sociedade planejada pela sua escolha? E mesmo que esteja, a sociedade estaria preparada para aceitar sua escolha?

O livro é realmente maravilhoso. Tem toda aquela busca épica de todo romance, mas também tem um desejo de liberdade de direito de escolha. Gostei muito também da sociedade proposta, suas regras e a forma como ela funciona tão bem. O Livro também tem umas cenas lindas como quando Ky ensina Cassia a escrever cursivo . E tem também a questão dos 100 melhores que é o que eles aprendem e como a civilização anterior a deles dita como fracassada, é mantida como segredo.

É uma série então são mais 3 livros o próximo de titulo Crossed ( Cruzando ) tem lançamento previsto para Novembro de 2011 nos EUA, e aqui no Brasil ainda sem previsão.

Durante toda a minha leitura ouvi basicamente 4 musicas (sim eu tenho o hábito de ler e ouvir musica) e bem, como pra mim combinou de mais as musicas com o clima todo do livro fiz uma lista de reprodução, com o BookTrailer e mais as 4 musicas. Que você pode assistir/ouvir aqui! (As musicas são do Woodkid na ordem: Iron, Brooklyn, Baltimore’s Fireflies e Wasteland)

Ou ver só o BookTrailer:

Também a vai sair filme (#Todosvibram!) a Disney já comprou os direitos de produção (#Todoschoram!) . Bem quanto a essa informação, vale a pena lembrar que não é o primeiro direito de produção cinematográfica de livros que a Disney compra, e se levarmos em consideração que já faz um boooom tempo que eles estão com o direito de Fallen e de A Mediadora, da pra ver que não vai sair logo. Poxa Disney, vamos agilizar néh? xDD

Mas em fim, pretendo sim ler os próximos.
No momento estou lendo o Aura Negra, segundo volume da série Academia de Vampiros.