Resenha/Comentário – Cinquenta Tons de Cinza

Vamos falar do fenômeno, e polêmico, sucesso literário do ano.

CINQUENTA_TONS_DE_CINZA Cinquenta Tons de Cinza – E L James
  Intrínseca – Pág 455

“Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja, mas em seus próprios termos.”

 

Juro que ainda não sei dizer se gosto ou não desse livro, é um livro pesado, é um livro erótico, e gostei muito de uma expressão que li sobre o livro é um Mommy Porn.  E opinião e bafafa sobre esse livro foi o que mais li e ouvi desde que terminei de ler esse livro há uns 3 meses.

Mr. Grey é o sonho de qualquer mulher logo a primeira vista, misterioso, rico (Me chianguem o quanto quiser mas sem todo o dinheiro que tem não realizaria metade do que faz nesse livro, a menos que foce muito criativo.) e com um fortíssimo Sex Appel(?)! É impossível não se sentir atraída por Grey, mesmo em cenas que não são necessariamente quentes, ele emana sedução.

Todo o processo de divulgação do livro é claro que ajudou e muito a vende-lo. Cinquenta tons já chamava a atenção pouco antes da Bienal de 2012 porém foi na mesma que fiquei morrendo de vontade de conhecer esse novo fenômeno.

estandeintrinseca  Greynabienal

Essas fotos são do estande da editora que utilizou como maior publicidade o livro e ao lado o evento que ocorreu no ultimo dia da Bienal com um ator vestido de Christian Grey.  Na Bienal não comprei o livro, mas trouxe alguns panfletos com o primeiro capitulo e marcadores. Pra que?! Só o primeiro capitulo já fiquei encantada com o Mr. Grey.

Porém voltando ao livro depois de todo esse encanto você vai realmente conhecendo Grey, o clima do livro e no geral a pornografia do mesmo. Criticas que eu tenho desse livro são bem simples, o livro não tem um conteúdo propriamente dito é realmente um Mommy Porn, um livro para você ler porque quer se desligar um pouco de sua vida. Talvez tenha sentido muita falta de conteúdo nesse livro pois tinha acabado de ler Escuridão e Sombra (Elena P. Melodia) e ambos são muito ricos em conteúdo. Outra coisa que me irritou foi a linguagem chula,  quem me conhece sabe que não gosto de linguagem chula em livros, em alguns pontos (“I don’t make love. I fuck…hard”) é necessário, mas em outros não vejo necessidade.  Porém nada grave.

É uma leitura gostosa, simples e que se desenrola com facilidade com foco, claro, nos momentos de sexo entre Ana e Christian. O ponto polemico do livro é  o sadomasoquismo de Christian, o gosto dele por assim dizer. Além de toda a brincadeira erótica entre eles. A parte que eu gostei do livro foi o drama psicológico de Ana que é totalmente inocente (e virgem) ao conhecer Christian e se vê envolvida em todo o erotismo e sadomasoquismo dele. Além da duvida de quem é Mr. Grey e porque ele é assim, visivelmente avesso a qualquer relação mais profunda do que apenas “fuck hard” com ela (xDD).  Tem muito de romance entre tudo isso, meio enrolado, meio medroso e torto mas é um romance.  É quando você vê a paixão mudando um pessoa (^^). Me incomodou muito a submissão imposta por Christian a Ana, e o fato de ela aceitar, entendo, juro que entendo mulher apaixonada faz cada tonteira (u.u”), mas me incomodou de mais. Mas em fim esse é o drama.

Outra coisa que quero comentar é a reação que vi das pessoas quando me viam lendo esse livro, desde “Você está lendo isso?”, passando por “Você tem idade pra ler isso?”, a apenas sorrisinho irônicos e comentários “Safadinha…”. Demorei menos de uma semana pra ler esse livro e juro que todo dia tinha um que me enchia. E percebi que a maioria eram homens. Não sou nenhuma super-feminista pelo contrario sou na verdade uma defensora dos poucos homens cavalheiros ainda existentes, porém percebi que eles se sentem intimidados por mulheres que procuram uma leitura desse gênero até comentar com eles é engraçado porque eles ficam meio perdidos (risos).

Como não achei BookTrailer desse livro vale uma musica que, pra mim, combinou muito com o livro.

 

Gosto de falar de fenômenos por isso tem muito assunto! Mas em fim, vou guardar mais um pouco para o próximo volume. E para quem sente medo de ler, ou ser visto lendo, um livro com essa fama deixe eu avisar: O livro não morde e o “Index” já foi abolido a muito tempo. Vale a pena conhecer, e se conhecer em um ponto mais “sexual” seja homem ou mulher. E livro nenhum é proibido, proibido é julgar sem realmente ler!

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. bellalautner
    dez 22, 2012 @ 17:08:50

    Sinceramente amei esse livro.
    Senhor Grey, sedutor e misterioso infelizmente meu tipo favorito.
    E eu assim como Ana tenho esperança(mesmo depois de ler o primeiro), que ele é capaz de amar… e de conseguir o algo mais.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: