Resenha/Comentário – A Batalha do Apocalipse

Ta eu sei que faz tempo que não posto, e isso já ta virando forma de começar o post né? Em fim cá estou porque já li 4 livros (e estou lendo mais um agora) e ainda não fiz resenha de nem um deles, e não gosto de deixar resenhas acumulando.

A Batalha do Apocalipse – Eduardo Spohr
Verus – 587 pág 

Há muitos e muitos anos, há tantos anos quanto o número de estrelas no céu, o Paraíso Celeste foi palco de um terrível levante. Um grupo de anjos guerreiros, amantes da justiça e da liberdade, desafiou a tirania dos poderosos arcanjos, levantando armas contra seus opressores. Expulsos, os renegados foram forçados ao exílio, e condenados a vagar pelo mundo dos homens até o dia do Juízo Final.

Mas eis que chega o momento do Apocalipse, o tempo do ajuste de contas, o dia do despertar do Altíssimo. Único sobrevivente do expurgo, o líder dos renegados é convidado por Lúcifer, o Arcanjo Negro, a se juntar às suas legiões na batalha do Armagedon, o embate final entre o Céu e o Inferno, a guerra que decidirá não só o destino do mundo, mas o futuro do universo.

Os homens têm sentimentos que nós, anjos, desconhecemos.” – Pág 31

Com tanto poder nas mãos, alguns realmente são corrompidos pela maldade, que é o caminho mais fácil à ascensão. Mas isso não acontece só com feiticeiros, também com os guerreiros e os monarcas” – Pág 59

Tolo é o filho que depende do pai, que se apoia em suas segurança e desiste de desbravar o mundo por si.” – Pág 86

E, acima de tudo, temo esquecer meus valores, perder minha ideologia e matar minha causa.” – Pág 94

“[…] a sombra sempre revela nossa verdadeira natureza.” – Pág 137

“A cada dia, os seres humanos se apegam mais ao mundo material, esquecendo seus instintos. Foi por isso que os animais não se assustaram. Para eles, nada é impossível.” – Pág 265

Derrotar alguém não significa necessariamente vencê-lo em combate.” – Pág 337

É realmente difícil encontrar um autor nacional, de literatura fantástica que consiga abocanhar o publico que muitas vezes fica preso a sucesso internacionais. Trombei com A Batalha do Apocalipse varias vezes em livrarias, muitas destas entre os mais vendidos. E já com vontade de le-lo vi uma entrevista que disse tudo o que eu precisava para tomar coragem de de-lo “Autor Nacional”. Quem me conhece sabe que eu adoro literatura fantástica, e quase que plenamente, de autores estrangeiros. E a algum tempo ando procurando autores nacionais, atuais, que me prendam e me intriguem com seus livros. Eduardo Spohr faz isso e muito mais.

A Batalha do Apocalipse não tem um ritmo de leitura rápido como é quase de praxe em muitos romances atuais, ele está mais para uma aventura épica, que vai construindo-se com longos flashbacks  do passado do personagem principal, Abalon. Para alguns isso é irritante, mas eu particularmente gosto muito. Sim é uma quebra abrupta na leitura, mas depois que você se apega é gostoso.

Outra coisa que me atraiu muito foi o cenário da historia. Viajamos por lugares e tempos muito distantes, é realmente uma viagem na historia. Gosto muito de livros assim, principalmente depois quando estou estudando historia me deparo com alguma coisa que vi em livro. Foi assim com o livro Paixão da série Fallen que já resenhei.

E como se não bastece todo esse clima envolvente, a proposta do livro é muito boa. Sim, muito viajada, e talvez algumas vezes ante-religioso, mas a lição que o livro nos deixa é realmente muito forte (Acho que pelas citações deu pra notar um pouco).

Porem é meio que obvio que um livro que não tivesse um romance não ia me prender por muito tempo néh? Tem sim, um lindo romance que atravessa os séculos, entre uma feiticeira e um anjo caído. O livro conta também com uma linha do tempo bem completa e um glossário pra ninguém ficar perdido no meio da história.

BookTrailer:

O livro foi primeiramente lançado como produção independente pelo blog  Filosofia Nerd do próprio autor. Alguns anos depois os direitos de publicação foram adquiridos pela Verus (do grupo Record) , a qual detém seus direitos de publicação atualmente. Mas atualmente o titulo vem sido publicado em outros países primeiramente em Portugal, depois na Holanda e a algumas poucas semanas na Alemanha.

Capas pelo mundo:
  
Portugal  – Holanda –  Alemanha

Recomendo muitíssimo esse livro, não só por ser um autor nacional mas pelo livro ser realmente muito bom, interessante e uma lição de vida muitas vezes.
Para quem quiser saber mais alguns links:
Blog: http://filosofianerd.blogspot.com.br/
Site Oficial: http://www.abatalhadoapocalipse.com/ (tem algumas narrativas bem legais viu, pra quem ainda não se convenceu)

Li esse livro no começo do ano, e de falar dele deu vontade de ler de novo… Ai ai…
Em fim logo logo(eu espero) tem resenha de O Filho de Netuno e Laços do Espirito.
Alguém já leu a Batalha do Apocalipse também?  Quem quer saber o que aconteceu com o Anjo Rafael!!!???
Bem que o Eduardo podia contar pra gente né?

Beijos até logo! o/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: